Mais uma vez malas prontas, documentos conferidos, era hora de partir.

Saímos de casa por volta das 17h para pegamos o ônibus para o aeroporto das 18h. De Santos até o aeroporto é um longo caminho então preferimos ir com um ônibus que faz apenas esse transporte até os aeroportos de SP.

Claro que precisa ter uma comitiva de despedida.

IMG_5173

Chegamos no aeroporto por volta das 21h e logo encontramos a Fer e toda a comitiva dela também. Por falar nisso, a dela era bem maior que a nossa. rsrsrs

aeroporto (1)

O voo era apenas às 01:35h e como o check in inicia geralmente 3h horas antes, estávamos contando em fazê-lo às 22:30h mas antes mesmo das 21:30h eles já iniciaram o check in para quem quisesse.

A Tam não disponibiliza check in online e nem nas máquinas no terminal. Tudo deve ser feito no balcão mesmo. O check in internacional é feito pelo Terminal 3, porém o embarque é pelo Terminal 2.

Fizemos o check in, despachamos as malas e, mais leves, fomos jantar no Olive Garden.

Após o jantar, resolvemos entrar na área de embarque pelo Terminal 3 mesmo e passar para o Terminal 2 por dentro.

Primeiro, voltinha básica no Duty Free e depois seguimos o longo corredor para o outro terminal. Nossa, é muito deserto. Se estivesse sozinha eu não atravessaria, não. Voltaria e passaria por fora. Muuuuito estranho rsrsrs

aeroporto (3)

Embarque e decolagem no horário previsto.

Gostei bastante o atendimento da Tam. Funcionários cordiais, bom entretenimento e além do kit básico com fones de ouvidos, travesseiro e cobertor, era possível solicitar máscara para dormir, meias e protetores de ouvido.

Durante o voo, as luzes para que todos permanecessem sentados e com cinto, acendeu duas vezes por causa de turbulência e fez com que o serviço de bordo fosse interrompido, porém nos dois casos a turbulência foi bem fraquinha. Nada de mais.

Foi servido jantar e café da manhã, até que gostosinhos. No jantar, além da sobremesa ainda foi servido uma barra de chocolate. Adorei.

jantar tam

Chegamos em Orlando um pouco antes do horário previsto, por volta das 8h. A imigração estava tranquila e desta vez meu cunhado não foi para a salinha. Nem acreditei.  Aleluia !!!! E eles ainda sairam da imigração antes de mim.

Pegamos na esteira logo após a imigração e depois de passar pela alfândega colocamos na outra esteira que leva até o outro prédio.

Houve uma reforma na área da imigração do aeroporto. A salinha era atrás dos vidros da imigração e agora é realmente em uma salinha separada. As esteiras também eram mais distantes, agora é bem em frente.

Em 2015, acredito que devido a reforma, nós mesmos levamos as malas para o trem que leva ao prédio principal do aeroporto. e desta vez não. Retornou como era antes: você retira as malas da esteira, coloca na outra após a alfândega, pega o trem sem malas e retira no Baggage Claim (level 2) do prédio principal. No nosso caso o da Tam era no Terminal B.

aeroporto (2)

aeroporto (4)

aeroporto (5)

Era cedo então o aeroporto estava vazio e algumas lojas estavam fechadas ainda, e outras tinham acabado de abrir.

Descemos para o Level 1 para retirar o carro na Alamo. E depois de alguns nãos, quando nos tentaram empurrar alguns seguros, seguimos para o estacionamento escolher o carro.

aeroporto (8)

Mostramos os documentos da locação para outra funcionária que nos mostrou de qual corredor poderíamos escolher. Oi ? Perái ? Aquela Town & Country (mini-van) pode ? Voltamos lá e perguntamos novamente. Tem certeza que mesmo tendo alugado um fullsize podemos pegar a mini-van ? Sim, podemos. Então fizemos o sacrifício. rsrsrs

Foi maravilhoso não precisar quebrar a cabeça pra colocar as malas. Deu tudo e sobrou muuuuuuuuuito espaço. Um carro de sete lugares para 4 pessoas, que dilícia.

Sempre pegamos carro grande, mas geralmente estamos em sete, seis e até oito pessoas. Então pra nós era muito carro pra pouca gente, mas gostamos mesmo assim. rsrsrs

Avisamos a Lan e o MM que estávamos indo pro hotel e eles iam nos encontrar lá.

Para entender melhor, a Lan e o MM já estavam viajando desde o dia 31/12. E no dia 06/01, dia que chegamos em Orlando eles fariam o check out do hotel onde estavam e fariam o check in com a gente na Cabana do Fort Wilderness.

walt disney world

Chegamos no Disney’s Fort Wilderness Resort & Campground um pouco antes deles e ficamos aguardando.

Fort Wilderness (3)

O hotel é tudooooooo. O estilo fazenda, misturado com cabana na floresta deixou todos encantados. Tudo é fofo, lindo, e muito organizado.  No prédio logo na entrada fica o lobby. Há vagas de estacionamento apenas para quem vai fazer check in e outras para quem realmente vai deixar o carro. Paramos em uma dessas vagas temporárias e fomos para o prédio. Estávamos parecendo crianças. rsrs

Fort Wilderness (4)

Fort Wilderness (5)

Fort Wilderness (6)

Fort Wilderness (2)

Fort Wilderness (7)

Fort Wilderness (8)

Assim que eles chegaram fizemos check in, pegamos nossas Magic Bands, fomos instruídos como chegar na cabana e como poderíamos nos locomover lá dentro, bem como algumas informações básicas sobre o hotel.

magic bands

Não vou mais detalhes agora, pois vou fazer um post completo só do hotel.

Pegamos também nossas comprinhas que enviamos direto para o hotel e fomos para a cabana.

Fort Wilderness (9)

Neste momento fomos com os dois carros para poder tirar todas malas, mas assim que esvaziamos um dos carros, voltamos para o estacionamento na entrada do hotel e deixamos um deles lá. Na cabana, pode permanecer apenas um carro.

Demos apenas uma bisolhada na cabana toda, tiramos fotos dela ainda arrumadinha, deixamos as coisas e fomos para o ESPN retirar os kits da corrida na feira

Fort Wilderness (10)

Fiz um relato mais detalhado da feira aqui.

Ainda antes do almoço a Fer se separou da gente e foi para o Hollywood Studios. Se você quiser ler o relato dela sobre a visita ao parque, é só dar uma olhada no blog dela aqui.

Pegamos os kits, passeamos pela feira, almoçamos, passeamos mais um pouco na feira, retornamos ao hotel para deixar os kits e depois seguimos para Disney Springs.

Para Disney Springs foi apenas eu, minha irmã e meu cunhado. A Lan e o MM que ainda estavam com a gente também voltaram para o hotel para deixar os kits mas depois foram ao jogo de basquete.

Deixamos o carro no Orange Garage que fica no canto esquerdo do Disney Springs, a ponta mais próxima ao Cirque du Soleil. A saída do estacionamento para o Disney Springs é bem ao lado do Splitsville Luxury Lanes.

disney springs (1)

disney springs (2)

Nossa intenção era andar de balão, mas novamente não foi possível pois estava ventando bastante.

O Disney Springs ainda está com alguns tapumes pois a reforma ainda não foi totalmente concluída, porém muitos outros já foram retirados e as áreas novas estão muito bonitas.

A loja Super Hero é a loja para os amantes dos heróis da Marvel. Tem bastante coisa legal.

disney springs (7)

disney springs (6)

disney springs (5)

disney springs (4)

Outra loja muito concorrida era a loja destinada a Star Wars, além de aberta recentemente com o novo filme a loja estava cheia de novidades dos novos personagens e dos velhos também, como o Chewie, o “Chewbaquinha”. rsrsrs Gostei bastante dessa loja.

disney springs (8)

disney springs (10)

disney springs (13)

disney springs (9)

disney springs (12)

Dei uma passadinha rápida no Hangar (bar novo) para ver a decoração. O bar é mais escurinho e nas paredes e teto uma decoração impecável.

disney springs (16)

disney springs (17)

disney springs (18)

Outras lojas:

Havaianas, onde você pode montar a sua própria Havaiana. Na foto abaixo dá pra ver as tiras no cesto e as solas nas caixas.

Para nós brasileiros, nem pensar em comprar Havaianas lá. Alguns pares chegam a custar uns 30 dólares, e nem achei estampas tão legal quanto as daqui. Estampas Disney, por exemplo, não tem.

disney springs (20)

disney springs (21)

Esta loja de chocolates é demais. Além de ser delicioso, você pode apreciar também os bombons sendo confeccionados.

disney springs (14)

disney springs (15)

Entrei em algumas lojas e bares, apreciei algumas vitrines, mas compras mesmo só na World of Disney. Nessa não tem jeito, sempre deixo algumas doletas por lá. Mas até que fui bem contida. Só não resisti na área das bijus e jóias, principalmente no balcão da Pandora. Queria tudoooo !!!!

World of disney (2)

World of disney (5)

World of disney (10)

World of disney (1)

World of disney (6)

World of disney (7)

World of disney (9)

Saindo do Disney Springs fomos para o Walmart fazer comprinhas básicas para o café da manhã e lanche na cabana: água, pão, refrigerante, leite, café, adoçante, achocolatado, bolachas, suco, cereais, queijo, frios, cream cheese e alguns lanchinhos congelados para microondas.

Minha irmã não sossegou enquanto não pegou o galão de leite e a caixona de cereais. Ela estava sonhando a muito tempo em fazer igual nos filmes americanos e beber leite de galão. rsrsrs

Fort Wilderness (12)

Chegamos na cabana e o resto do povo ainda não havia chegado. Começamos a arrumar nossa “janta” e logo a Fer chegou toda encantada com os shows do Hollywood Studios.

Fort Wilderness (11)

Logo depois MM e Lan também chegaram. Com a turma toda reunida engatamos num bate-papo gostoso contando como foi a tarde de cada um antes de dormirmos. Isso é o que de melhor a cabana nos proporcionou, nos sentirmos em casa no lugar mais feliz do mundo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
gostou? compartilhe!
4
comentários
 
poderá gostar também de...

4 Comentários

  1. Silvia Sampaio disse:

    Engraçado sua história .Tb quando cheguei na Alamo em dezembro de 2015 …Aluguei uma SUV , mas na hora de escolher tinha uma Suburban , nem acreditei , voltei e perguntei pode ser essa ?? A mulher pode….Caímos dentro…..Delícia de Carro ….Muito bom….
    Tirando isso adoro seus post e fico feliz em saber que o cunhado não foi para a Salinha…kkkkkk…Bjs

    • melpran disse:

      Silvia, esses upgrades são bons demais né ?!!! A gente paga pouco e leva muito rsrsrs adorooooo.
      Nossa, nem acreditamos. Já tinha contado no roteiro o tempo de espera na salinha e no final ficamos até adiantados rsrsrs
      Obrigada por acompanhar meus posts, bjs

  2. Gente, que delícia esse hotel!
    O preço é convidativo, Mel? Esperando o relato exclusivo para saber mais.
    Meu desejo é ficar em um hotel disney, mas sempre acho TÃO caro que fico com um pé atrás e acho que poderia poupar aquele dinheiro. Vou esperar alguma promoção para ver se consigo ter o desejo realizado! (:
    E eu tenho uma pergunta: quando você fez a corrida, tirou fotos lindas. Essas fotos, ficam vinculadas ao Memory Maker, se eu realizar a compra dele? Ou não tem relação? Como funciona?

    • melpran disse:

      Esse hotel é maravilhoso mesmo Alessandra.
      Ele é um pouco mais caro por ser um hotel moderado. Como a cabana acomoda até 6 pessoas dá pra dividir esse valor e pesar um pouco menos no bolso. Mesmo assim ele ainda fica um pouco mais caro, mas resolvemos encarar pq era um desejo antigo e porque amamos ficar nos hotéis Disney. Além do mais para que vai correr acho essencial ficar lá dentro, seja nesse ou nos econômicos.
      As fotos são separadas e não fazem parte do Memory Maker. Apenas algumas fotos nos parques durante a corrida, e se o parque estiver aberto, e o fotografo for o do Photopass aí sim entra no Memory Maker mas em 2015 conseguimos tirar apenas uma assim, em Epcot.
      Qualquer dúvida é só perguntar, bjs

Deixe o seu comentário!