Continuando…

Saimos do Magic Kingdom pelo backstage ao lado da Splash Mountain e logo na saída vimos a Princesa Aurora para tirar fotos. As filas, como já falei, eram enormes, então roubávamos a foto ou fazíamos uma pequena filmagem e seguíamos em frente.

Esqueci de dizer no relato anterior, que desde o começo precisávamos ir ao banheiro, mas aguentamos até nos esquentarmos, pois se tirássemos o casaco antes de ir ao banheiro teríamos mais uma coisa pra tirar. (casaco, cinto de hidratação, saia, calça). Combinamos de aguentarmos um pouco mas que teríamos que ir ao banheiro antes de entrar no Magic Kingdom, pois lá queria entrar de Mike Wasowski e depois que eu amarrasse o casaco na cintura não iria mais ao banheiro. Aproveitamos um posto de hidratação/banheiros que tinha no estacionamento do Magic Kingdom.

Voltando…

Saindo do parque completamos 10k, e é a partir daqui que eu comecei a me surpreender comigo mesma. Nunca tinha corrido o tempo todo e até aqui, o percurso foi só correndo e eu continuei assim até a milha seguinte. A Disney faz mágica, realmente.

Continuamos a corridas pelas ruas do complexo, sempre em companhia dos voluntários, personagens e corredores que se ofereciam para tirar foto e estavam curtindo tanto quanto nós.

E a vista então, era muito bonita. O caminho todo rodeado por árvores, gramados, flores, lagos. Lindo !!!

Outra coisa bem legal que vale lembrar é que em uma determinada distância, ao longo de todo o percurso, haviam tendas para atendimento médico, com desfibrilador, cobertor térmico, macas, espreguiçadeiras para os cansados, pomadas pra dor e uns frascos grandes com cremes, que acredito que era com protetor solar.

Nas corridas no Brasil você vê apenas uma tenda na largada (isso, quando tem) e uma ambulância. Padrão Disney de assistência é completamente diferente e maravilhoso.

Continuamos encontrando os personagens, DJs, e com o amanhecer, muitos turistas já estavam se encaminhando para os parques, então a todo momento passava um carro buzinando para nós. Inclusive, até o Monorail buzinou várias vezes.

 

Nesse ponto, tem uma subidinha que dá acesso a um viaduto e é muito legal ver a multidão passando por baixo, e você avistando o mar de gente que vem atrás e que vai a sua frente.

Cruzamos com Jack Sparrow novamente. Isso queria dizer que estávamos perto do final, mas ainda faltavam alguns quilômetros.

Logo avistamos o portal de Epcot, só que dessa vez passamos ao lado dele. Pegamos uma outra parte do estacionamento e entramos pela lateral direita, entre Nemo e a Geosfera. Seguimos até a beira do lago e voltamos pela esquerda da Geosfera.

IMG_1650

Novamente, entrar em um parque correndo foi muito legal. Sinos, cartazes, gritos, apitos, fotos, fez parecer que as 12 milhas nem foram tão longas assim.

Parar para foto em frente a Geosfera ?!! Claro !!!

Na saída, pelo backstage, encontramos com um coral bem animado e entramos na reta da chegada.

Nessa hora a emoção de estarmos concluíndo tomou conta de nós. Larissa pegou na minha mão e cruzamos a linha de chegada de mãos dadas. Juntas, do começo ao fim. Nos abraçamos e choramos, por termos completado algo que jamais sonhamos que seríamos capazes.

Recebemos nossas medalhas orgulhosas.

Foi emocionante, foi divertida, foi “incrivelmente sensacional”, e nem foi tão cansativa assim.

Não canso de dizer: FOI A CORRIDA DA MINHA VIDA !!!!

Espero que tenham gostado do relato e pra quem corre, não deixem de fazer alguma das corridas que a Disney organiza durante o ano. Vale cada centavo, cada gota de suor ou lágrima derramada.

Bjs e se Deus quiser em 2016 tem mais !!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
gostou? compartilhe!
2
comentários
 
poderá gostar também de...

2 Comentários

  1. Alessandra Secali disse:

    Demais seu relato ! Estou indo para la agora em Dez/16 e farei a meia maratona! Obrigada das dicas!

Deixe o seu comentário!